Estrategistas, esta foi a segunda semana da série: F para call (opções de compra) e R para put (opções de venda). A semana foi mais curta devido ao feriado de ontem e foi marcada por mais um recorde do Ibovespa e pela acentuada queda do dólar, vejamos como foi a semana no mercado financeiro:

PANORAMA GERAL DO MERCADO:

O índice Ibovespa alcançou um novo recorde nominal esta semana, subindo +3,6%, cotada aos 130.126 pontos. A semana iniciou em um cenário positivo com o Ibovespa encerrando o mês de maio em +6,2% e na pontuação máxima, acima dos 126 mil pontos. E dia após dia, a Bolsa prosseguiu com altas sucessivas após dados econômicos positivos no Brasil e com o rali nos preços das commodities. No cenário exterior, os mercados foram incentivados com a expectativa de manutenção da política monetária pelo Federal Reserve que resulta em liquidez global.

No Brasil, a alta da Bolsa foi puxada pela divulgação do PIB no primeiro trimestre de 2021. A economia brasileira cresceu em +1,2% contra o trimestre passado e +1,0% na comparação anual. O resultado acima das expectativas do mercado confirmou o desempenho sólido da atividade econômica e desencadeou uma nova rodada de revisões de projeções de crescimento.

No cenário global, os mercados só foram ganhar força depois da divulgação do “payroll” o relatório de emprego dos EUA. Durante a semana, o FED afirmou que iria vender $13,7 bilhões em títulos corporativos e ETFs adquiridos nos programas de emergência lançados no início da crise da pandemia. O anúncio foi interpretado pelo mercado como os primeiros sinais de mudança na postura do banco central. Mas o relatório desta sexta-feira demostrou que, em maio, a economia americana criou 559 mil postos de trabalho, abaixo das expectativas do mercado. Com isso, o dado deu fôlego aos mercados, pois reduz apostas do Federal Reserve em apertar a política monetária. Com isso, as taxas de juros de longo prazo recuaram, com as Treasuries de 10 anos fechando em 1,55%.

Em commodities, o preço do petróleo continuou subindo. O WTI chegou a alcançar a máxima desde 2018, enquanto o Brent ultrapassou o preço de $70 por barril pela primeira vez em dois anos. O rali veio após membros da OPEP+ derem uma visão otimista sobre a recuperação da demanda nos próximos meses e decidirem manter o acordo de aumentar gradualmente a produção.

Destaques da semana:

VVAR3 – Via – Opção Call dispara 920% na semana

Os papéis da varejista se destacaram na semana devido a onda de otimismo gerada pela divulgação do PIB trimestral que fechou em alta de 1,2%, acima da expectativa do mercado. As ações subiram 14,62% na semana e estão cotadas a R$ 14,58.

Alta de 14,62%

Fonte: TradingView

Com esta valorização expressiva do ativo-objeto iremos destacar um derivativo que é uma opção call (compra): VVARF145. Esta opção de compra dá o direito do titular de comprar VVAR3 por R$ 14,50 (strike ou preço de exercício) a qualquer momento até o vencimento dia 18/06 por ser do tipo americana.

É considerada uma opção ATM (at the Money) ou no dinheiro; seu strike de R$14,50 está muito próximo do preço atual do ativo-objeto R$ 14,55, opções ATM são as que possuem maior liquidez, ou seja, são as mais negociadas pois estão próximas de se tornarem vantajosos para serem exercidas.

VVARF145 possui um delta de 0,46, isso significa que se o ativo-objeto VVAR3 obter uma valorização de  R$ 1,00 (ou valorização de 6,87%) o prêmio irá ganhar R$ 0,46, sairá dos atuais R$ 0,51 para R$ 0,97 valorização de 90%, percebam como os derivativos podem dar ganhos alavancados.

Alta de 920%

Fonte: TradingView

LWSA3 – Locaweb: Opção PUT registra ganhos de 164% na semana.

Os papéis da Locaweb haviam sido o destaque positivo da semana passada, mas nessa semana sofreram uma desvalorização de 7,2% devido a realização de lucros e migração para papéis que podem ser mais beneficiados com a retomada da economia. Encerrou a semana cotada a R$ 24,34.

Queda de 7,2%

Fonte: TradingView

 Mesmo em desvalorização de um ativo-objeto podemos destacar um derivativo e nesse caso iremos enfatizar o desempenho da opção put (venda): LWSAR260. Esta opção de venda dá direito do titular de vender LWSA3 por R$ 26,00 (strike ou preço de exercício) mas somente no vencimento dia 18/06 por ser do tipo europeu.

Este strike representa um upside de 6,82% em relação ao preço atual do ativo-objeto que é R$ 24,34. Por isso é considerada uma opção ITM (in the Money) ou dentro do dinheiro.

Podemos dizer que a vantagem imediata que esta put proporciona ao titular é o valor intrínseco da opção, que é calculado da seguinte maneira:

VI = Strike – preço atual da ação.

VI = 26 – 24,34 = 1,66

Já o valor extrínseco da opção é a parcela do prêmio de uma opção atribuída ao risco ou ao custo de oportunidade e expectativas sobre a evolução do ativo-objeto. Quanto maior o valor extrínseco de uma opção mais risco ela possui, ou seja, menores as chances de ela ser exercida. O valor extrínseco é calculado da seguinte forma:

VE = Prêmio atual da opção – VI

No caso de LWSAR260:

VE = 1,80 – 1,66 = 0,14

Ou Prêmio atual da opção = VI + VE

Prêmio atual da opção = 1,66 + 0,14 = 1,80

Alta de 164%

Fonte: TradingView

  Estrategistas, ficamos por aqui!! Mas antes temos um convite para aqueles que desejam aprender mais sobre o mundo de opções!! E além de claro rentabilizar!! Venha fazer parte da família Xeque Mate:

Na assinatura da Estratégia, você terá acesso a: relatórios semanais; monitoria ao vivo; grupo no Telegram; curso completo com 7 módulos; planilha de imposto de renda e suporte pelos 7 dias da semana. E o melhor: contarão com a experiência do Daniel Nigri, CEO do Dica de Hoje, e de Marcelo Meurer, especialista em opções.

E os benefícios não param por aqui! Assinando a Xeque-Mate vocês terão acesso gratuito a série Operações Estratégicas, são operações com estratégia em opções, já são 14 operações realizadas com: 12 acertos, 1 empate e 1 única operação errada!

Abraços, até a próxima!

Sigam-nos nas redes sociais:

Estratégia Xeque Mate

Você conhece a Estratégia Xeque Mate?

Clique na pagina e veja os detalhes

Link para pagina

Sigam-nos nas redes sociais:

Marcelo Meurer

Marcelo Meurer é graduado em Direito pela UFJF e graduando em Engenharia de Software pela Estácio. É especialista em derivativos e possui experiência no mercado financeiro há mais de dez anos. Fundador da Estratégia Xeque Mate, uma refinada técnica geradora de renda constante e robusta por meio de operações estruturadas com ações e opções.